segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Foto falsa do Padre Cícero

A foto ao lado foi muito difundida e ainda hoje existem em muitas residências e casas comerciais de devotos do Padre Cícero espalhadas pelo Nordeste do Brasil. Muitos acreditam que ali está o Padre Cícero quando criança, 4 anos de idade, mas isso é falso. O fato foi desvendado pelo médico e escritor alagoano, Judá Fernandes, e está devidamente contado no seu livro “A xícara do padre”.
Segundo conta o Dr. Judá o garotinho da foto é o Dr. Antônio Fernandes de Melo Costa, filho do Cel. Manoel Fernandes da Costa, grande amigo de Padre Cícero. O Cel. Fernandes morou em Juazeiro num suntuoso sobrado localizado ao lado da Praça Padre Cícero, no cruzamento das Ruas Padre Cícero com São Francisco (hoje pertencente à família Viana). Aqui ele morreu e está sepultado num bonito e amplo túmulo no cemité-rio do Socorro. O garotinho da foto chegou em Juazeiro ainda criança e segundo conta Dr. Judá “Não é que aquele menino que chegou ao Juazeiro ainda de fraldas, atualmente residindo em Maceió, em uma das suas visitas ao túmulo do seu genitor, no Cemitério de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no ano de 1945, teve uma surpresa desagradável que o deixou deveras aborrecido. Pois vendiam o seu retrato de criança, com quatro anos de idade, como se fosse do milagroso Padre Cícero. Estavam comercializando a sua imagem, ludibriando os ingênuos romeiros com a sua foto, que a sua mãe havia guardado tanto tempo. Ninguém sabe até hoje como forjaram a grande farsa. Sabe-se que já haviam vendido milhares de cópias (e ainda vendem, às escondidas) para todos os rincões do nosso fustigado Nordeste. Suspeita-se que algum espertalhão, aproveitando o abalado estado de saúde da viúva Paulina, entrou em sua residência e surrupiou o retrato emoldurado que ocupava lugar de destaque na sala de visita, juntamente com outras fotografias antigas da família, do qual tirou inúmeras cópias, passando a faturar em cima do próprio Padre carismático, armando assim o grande golpe do pseudo-retrato. Nas vias públicas a garotada bradava: Padim Circo com quatro anos de idade”. Segundo ainda o Dr. Judá o verdadeiro dono da fotografia está hoje com 90 anos de idade, aposentado, e reside no bairro da Jatiúca, em Maceió. É seu tio em segundo grau, homem respeitado e admirado, de conduta ilibada, que na vida foi comerciante, político, alto funcionário público estadual, é formado em Direito e sempre foi um intelectual bem informado. Hoje aposentado, mas, apesar da idade, continua lúci-do e com invejável e salutar vitalidade, rodeado da amabilidade da família e dos amigos que tão bem cativou. Vive ainda dedicado à Literatura, pesquisando, lendo e delineando sua vida e sua luta. E conclui Dr. Judá: “E foi assim que o dileto filho do Cel. Manoel Fernandes entrou para a História do Juazeiro como o homem que, involuntariamente, "emprestou" sua imagem ao Padre Cícero Romão, para que ele aparecesse ao mundo dos peregrinos fotografado aos quatro anos de idade, quando na realidade a nobre invenção da fotografia ainda engatinhava nos países desenvolvidos.” 
Na foto acima vemos o Dr. Antônio Fernandes de Melo Costa, atualmente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário