segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Inédito: Padre Cícero entre pela Porta Santa na Basílica de Nossa Senhora das Dores

Na noite do dia 29 de janeiro de 2016 se deu a abertura da Porta Santa da Misericórdia na Basílica de Nossa Senhora das Dores, a qual foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom Fernando Panico que abençoou  e aspergiu água benta  nos fieis. Foi um momento ímpar,  esperado por tanto anos... Como início da Romaria das Candeias, após a abertura, aconteceu  a entrada oficial do Padre Cicero através de um quadro (tela de Assunção Gonçalves) conduzido pela irmã Annete e demais membros da pastoral da romaria. No momento, sob o canto de benditos, toda igreja acolheu com uma calorosa salva de palmas o cortejo inédito na Basílica de Nossa Senhora das Dores. Viam-se faces molhadas de emoção pura na multidão de romeiros e devotos do Padre Cícero e da Mãe das Dores. Em seguida deu-se início à celebração da santa missa concelebrada por vários padres e presidida pelo bispo.
A porta principal de acesso à Basílica, agora como Porta Santa, é um grande portal todo trabalhado com cenas do evangelho. (Texto e fotos de Pautília Ferraz)



Um comentário:

  1. Há um equívoco nessa informação. O Padre Cícero foi perdoado e não reabilitado nem houve reconciliação com a igreja, porque nunca houve desconciliação, o Padre Cícero apenas recebeu um castigo, por entender a Igreja que ele estava errado em sua liturgia. O perdão dado pelo Papa Francisco que também perdoou toda cristandade, inclusive o padre Cícero Romão Batista, foi pela instituição do propalado “ANO SANTO DA MISERICORDIA.” Misericórdia quer dizer: Benevolência, perdão e bondade no contexto ético, religioso, social e legal.

    ResponderExcluir